terça-feira, 19 de junho de 2012

Como separar o lixo orgânico do reciclável

1. Separe o lixo seco e úmido. Para facilitar o processo, não é necessário separar o lixo em papel, plástico, vidro, alumínio, não-recicláveis e orgânicos.

2. Não esqueça de passar água nos materiais recicláveis para retirar resíduos, evitar contaminação e odor forte. Não precisa lavar os materiais com muita água, afinal, economizar água faz parte do processo de sustentabilidade.

3. Na hora de descartar, armazene os materiais adequadamente para economizar espaço e facilitar o transporte. É mais seguro utilizar apenas caixas, e não sacos plásticos, para armazenar e transportar vidro.

4. Inclua na lista de compras alguns
produtos responsáveis. Trocar um detergente normal por um sustentável já é uma conquista para o ambiente. Eles são mais caros, mas vale o investimento.

5. Descarte
pilhas, baterias, aparelhos eletrônicos e lâmpadas em lugares específicos. Quando jogados no lixo comum, eles demoram muito tempo para se decompor e liberam elementos tóxicos que contaminam os solos. Procure no Google os locais de coleta.

6. Cuidado ao descartar o
óleo de cozinha. Se ele escorre pelo ralo impossibilita o tratamento da água que vai para o esgoto. Use um funil para armazená-lo em garrafa PET e descarte a garrafa. Também há locais de coleta específicos.

7. O que não vira lixo, como isopor,
adesivos, guardanapos, papel higiênico, plásticos laminados, deve ser separado dos orgânicos. Em um aterro sanitário moderno, é transformado em energia.

8. Não sabe para onde levar o lixo reciclável? Informe-se na prefeitura de sua cidade se o seu bairro e município possuem coleta seletiva municipal. Nesses casos, existem regras a serem respeitadas, como dia certo para a coleta e às vezes a cor do saco plástico. O mesmo acontece em condomínios e prédios. Algumas redes de supermercados e lojas recebem recicláveis, com o inconveniente de ter que levar os materiais ao local. Outra opção é doar diretamente para cooperativas (Googla aí!).


9. Além de separar o material orgânico, você pode montar uma
composteira, que transforma o lixo em adubo para plantas em poucas semanas. Se mora em apartamento, é só adaptar o tamanho.

Fonte: Revista Crescer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário